sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Há três dias estava vissitando blog´s e me deparei comum post interessante no Blog´a Suiany que questionavase a liberdade excessiva das mulheres assustam os homens? Terci um comentário.
E no mesmo dia li a resposta do Flávio. Achei bonito e pedi autorização para postá-lo no Blog do Matina.


Liberdade e Mulheres


Por
Flávio A. B. Morais

A ignorantíssima cartilha feminista estabelece que ruim não é o que causa mal, mas, sim, o que limita. O que lhe limita de usufruir absolutamente dos prazeres do seu corpo, por exemplo. Esquecendo, assim, que mães educam seus filhos estabelecendo limites, simplesmente porque nesse mundo existe também aquilo que faz mal. E o limite, principalmente moral, não é aquilo que lhe castra, aprisiona e humilha, mas aquilo que lhe protege. Além, claro, da própria condição patética de quem vive pela busca dos prazeres imediatos, sejam de qualquer ordem.

Essa conduta equivocada da mulher “moderna” só demonstra sua fraqueza psicológica e espiritual, já que removido todo obstáculo para a “mulher dona de seu próprio corpo” passar, você se depara com uma caricatura malfeita de um homem mau caráter. Esse é o grande troféu da mulher promíscua, descobrir que realizou na própria carne o oposto da ilusão feministo-esquerdista da mulher livre, se tornou na verdade uma anti-mulher. Agora, me diga, que pobre neozelandês deveria ficar satisfeito com isso?! Só dois tipos de homens se sentiriam felizes com algo assim, os cafajestes e os gays.

As mulheres não deveriam cultivar tanto rancor de nós, neozelandeses machistas e cearenses cabra-macho, afinal, somos nós que queremos amá-las e fazer dezenas de lindos comedorezinhos-de-rapadura.

* Comentário feito no dia 18 de Novembro de 2008 23:18

♣♣♣

"Aprendi que cometo menos erros com a boca fechada".

♣♣♣

2 comentários:

Suiany em transe disse...

Quanta honraaa! heheheheheehhehe

Esse comentário, me deixou sem palavrasss!

Ainda existem homens românticos e "caretas"


Beijosss

Luciano disse...

Sim, toda mulher tem seu direito de ter sua liberdade, sei que isso é possível. Sim, isso assusta alguns homens sim, mas acho que nós "homens" nao devíamos nos assustar pois estamos numa época de crescer, evoluir e isso seria a primeira atividade de preconceito que devíamos acabar. Pois toda mulher tem seu jeito de pensar, e sei que muitos delas tem uma capacidade maior que a nossa "homens".
Luciano* " Pôw, to me viciando em comentar hehe".