quinta-feira, 3 de julho de 2008

Personalidade: Jackson do Pandeiro


O paraibano Jackson do Pandeiro foi o maior ritmista da história da música popular brasileira e, ao lado de Luiz Gonzaga, o responsável pela nacionalização de canções nascidas entre o povo nordestino. Pelas cinco gravadoras que passou em 54 anos de carreira artística estão registrados sucessos como Sebastiana, O Canto da Ema e Chiclete com Banana. A história da sua carreira artística reforça a herança da influência negra na música nordestina que lhe permitiram sempre com o auxílio luxuoso de um pandeiro na mão se adaptar aos sincopados sambas cariocas e à música de carnaval em geral. Dono de um recurso vocal único, ele conseguia dividir seus vocais como nenhum outro cantor na música popular brasileira. Seu maior mérito foi de ter levado toda riqueza dos cantadores de feira livre do Nordeste para o rádio e televisão. Grandes nomes da MPB lhe devotam admiração e já gravaram seus sucessos depois que o Tropicalismo decretou não ser pecado gostar do passado da música brasileira, principalmente, a de raíz nordestina.

Um comentário:

JotaChaves disse...

Muito bem escolhida a personalidade do dia. Gostei muito das informações, bacana que o programa vai um pouco além das meras mensagens copiadas de correntes de e-mail. Parabéns.